GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

D. Juan de Palma Mallorca! (2)


Temos aqui mais uma vez o nosso amigo Juan, desta vez a fazer uma demonstração de tiro com um mosquete do séc. XIX.

A arma deve estar devidamente nivelada, com o mão esquerda junto ao guarda-mato e o cotovelo junto ao corpo.


No momento em que ocorre a ignição da pólvora na caçoleta é aconselhável fechar pelo menos o olho esquerdo, pois existe o risco de saltarem faíscas ou resíduos incandescentes, que podem ferir a vista.


Nos segundos imediatos ao disparo, a arma deve continuar nivelada e o soldado deve manter a sua posição, pois por vezes acontecem disparos retardados, devido a uma ignição tardia da pólvora existente no interior da arma através do respectivo ouvido (o ouvido é a abertura no cano que liga a caçoleta ao interior do cano da arma e permite a ignição da carga de pólvora).


A razão de ser desta precaução deve-se ao facto de que, quando existem vários elementos numa linha de tiro e os soldados movimentam imediatamente a sua arma, podem acontecer acidentes devido a ignições tardias da pólvora, criando uma situação de risco quer para o próprio soldado, quer para os camaradas que estiverem a seu lado. 


Algumas senhoras têm uma técnica infalível para evitar acidentes no momento do disparo.


Disparam com os olhos fechados! 


Bem, a segurança acima de tudo...

Pedro Casimiro

Sem comentários:

Enviar um comentário