terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

A Aventura da "Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco" - Parte 3


Caríssimos(as),

E as novidades não param, no que diz respeito à evolução do projeto da nossa Rota Equestre!

Realizou-se hoje (4-2-2020) na belíssima e histórica localidade espanhola de Ciudad Rodrigo um importante encontro de trabalho, que envolveu múltiplos intervenientes do chamado Projeto NAPOCTEP, que faz parte integrante do Programa Interreg POCTEP (Portugal - Espanha), que tem por objetivo a criação de produtos turísticos e culturais baseados no riquíssimo património histórico-cultural destes dois países, alusivo ao período napoleónico, em especial na região Centro de Portugal e nas regiões espanholas de Castilla e León.


Entre as entidades convidadas a participar nesta reunião esteve, como não podia deixar de ser, o Município de Almeida, que através dos seus representantes, entre os quais se incluía a nossa amiga Drª Paula Sousa, promoveu uma apresentação do projeto histórico-cultural associado precisamente ao período napoleónico, que há mais de uma década vem sendo implementado e desenvolvido no concelho de Almeida, com a colaboração e participação dos generosos e dedicados associados do GRHMA.

E uma das novidades apresentadas teve a ver precisamente com o projeto da nossa Rota Equestre!

Esta iniciativa mereceu uma atenção especial da parte de todos os presentes, em especial da parte do Sr. Presidente da Federação Europeia das Cidades Napoleónicas, o Sr. Jacques Mattei, que demonstrou interesse em ter acesso a informações adicionais relacionadas com este projeto, com vista a uma certificação do mesmo, no âmbito da referida Federação, facto que poderá contribuir para uma relevante projeção e divulgação internacional desta Rota Equestre.

Trata-se, sem dúvida, de mais um incentivo e estímulo para continuarmos a trabalhar nas mais diversas dimensões associadas a este projeto, que é simultaneamente exigente e apaixonante, mas que tem ainda muitas etapas que carecem de ser percorridas, antes de poder vir a ser uma realidade.


Bem haja à nossa amiga Paula Sousa, pelo contributo dado em mais esta etapa deste projeto!


Pedro Casimiro



sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

A Aventura da "Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco" - Parte 2

(Câmara Municipal da Mealhada)
Caríssimos(as),

No dia de ontem (30-1-2020), deu-se mais um passo importante no sentido da implementação do projeto da nossa Rota Equestre!


Na sequência de um convite e proposta enviados pelo GRHMA, sob a égide do Município de Almeida, foi possível reunir no Salão Nobre da Câmara Municipal da Mealhada um conjunto notável de entidades (Município de Almeida, Município da Mealhada, Município de Mortágua, Município de Penacova, Município de Condeixa, Exército Português e o Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida), que em conjunto se dedicaram a estudar e a analisar a proposta de organização e implementação da nossa "Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco", numa perspetiva intermunicipal, de molde a fazer coincidir o respetivo percurso e término com as cerimónias evocativas e comemorativas do 210.º aniversário da Batalha do Bussaco, previsto para o dia 27 de setembro de 2020, que não só irão ter um âmbito comemorativo mais alargado do que habitual, como também poderão vir a contar com a presença do Sr. Presidente da República.

E não temos dúvidas em afirmar que está em causa uma iniciativa que tem o potencial de vir a ser o maior projeto de divulgação e promoção histórico-cultural, e de desenvolvimento e promoção turística (no âmbito do chamado Turismo Militar), alusivo à temática das Guerras Napoleónicas, alguma vez implementado em Portugal, não só pelo número de entidades públicas e privadas envolvidas, como também pelo âmbito territorial e geográfico abrangido, que poderá vir a possuir uma extensão superior a 200 quilómetros!

Na verdade, caso venha a ser possível garantir as condições financeiras necessárias à implementação deste projeto, irão ser desenvolvidos esforços no sentido de uma agregação ao mesmo de um número adicional de entidades públicas e privadas, em especial os  municípios que irão ficar abrangidos pelo traçado da Rota Equestre, que poderá vir a incluir, designadamente, os Municípios de Santa Comba Dão, Carregal do Sal, Tondela, Viseu, Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Pinhel e até Guarda.

No que ao GRHMA diz respeito, iremos continuar a investir o necessário tempo e trabalho neste projeto, em cujos trabalhos de preparação e de implementação participa agora um conjunto muito mais alagrado de entidades, para fazermos tudo o que for possível para garantir que o mesmo se virá a tornar numa realidade!


Pedro Casimiro




domingo, 26 de janeiro de 2020

A Aventura da "Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco" - Parte 1


Caríssimos(as),

A aventura da Rota Equestre de Almeida já começou!

No passado sábado (dia 25-1-2020) foi  para nós um prazer muito especial termos uma oportunidade para fazer uma visita ao nosso companheiro e amigo Demetrio e à sua belíssima Esposa, que residem numa simpática localidade situada perto da cidade da Coruña, em Espanha.

O mote para esta visita esteve associado à planificação e à preparação de um dos mais emblemáticos projetos histórico-culturais do Município de Almeida e do GRHMA para o ano de 2020, que é precisamente o da "Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco", em relação ao qual têm vindo a ser desenvolvidos esforços no sentido de uma implementação já no mês de setembro deste ano.

E foram de facto fundamentais as sugestões e os contributos dados por estes nossos amigos para este projeto!



A experiência de ambos de muitos anos como recriadores históricos, ao nível da participação e da organização de eventos culturais, cumulada com a experiência que também ambos possuem na temática equestre, resultaram em contributos inestimáveis para os passos iniciais deste projeto, a que certamente iremos dar muito bom uso.

Foi também fantástica a amabilidade e a hospitalidade que estes nossos estimados amigos da Galiza dispensaram a estes três visitantes Tugas, que se traduziu não só em demonstrações de amizade e de calor humano, como também num delicioso almoço, onde tivemos oportunidade de saborear alguns dos petiscos típicos da cozinha Galega.

Moitas Grazas Amigos!

Foi também fundamental a presença e a participação nesta deslocação dos nossos dois soldados do Regimento de Cavalaria 11 (Lopo e Joni), demonstrando uma vez mais uma total adesão de ambos a este projeto.


Pedro Casimiro





domingo, 19 de janeiro de 2020

Candidatura a Património Mundial das Fortalezas Abaluartadas da Raia (Almeida, Valença, Elvas e Marvão): dezembro de 2019

Caríssimos(as),

Como certamente já é do conhecimento geral, no passado mês de dezembro de 2019 foi formalizada a apresentação de um projeto singular e inovador junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que traduziu no culminar de consideráveis trabalhos preparatórios, desenvolvidos conjuntamente e em coordenação pelos municípios de Almeida, Valença, Elvas e Marvão.

Trata-se de um projeto que visa essencialmente a promoção e o reconhecimento, por parte da UNESCO, de mais um importante património cultural nacional, de natureza material e imaterial, que é o das chamadas fortalezas abaluartadas da raia. O reconhecimento e elevação deste património à categoria de Património Mundial ou Património da Humanidade possui um potencial considerável, não só ao nível da promoção do diálogo intercultural e de uma contribuição para uma maior proteção deste património e da valorização da correspondente diversidade cultural, como também um potencial relevante no âmbito do surgimento de novos projetos de investigação e de cooperação científica, numa perspetiva transnacional.

Para além da referida vertente cultural e científica, está em causa um projeto que tem igualmente um potencial considerável ao nível da promoção e do desenvolvimento do chamado Turismo Militar, enquanto vertente do Turismo Cultural, com o inevitável e benéfico impacto nas referidas localidades, em termos de desenvolvimento económico, motivo pelo qual este projeto e candidatura intermunicipal teve também o apoio da entidade Turismo de Portugal, com vista à criação daquilo que se pode apelidar de "destino turístico de excelência".


Através da sua atividade cultural e associativa, o GRHMA pode fornecer, como já forneceu, um modesto contributo no sentido de uma interligação cultural entre estas localidades raianas no âmbito deste interessante projeto, conforme já sucedeu no mês de julho do ano de 2019, na fantástica localidade de VALENÇA (no evento Valença na 2ª Invasão Francesa), mediante a participação e/ou coorganização de eventos evocativos do papel, objetivos e impacto que as fortalezas abaluartadas existentes nas referidas localidades tiveram na História de Portugal.

 

É também neste sentido e com este objetivo que vamos fazer o possível, em proximidade e estreita colaboração com os respetivos municípios, por neste ano de 2020, fazermos um esforço para também organizar eventos culturais nas fantásticas localidades raianas de Elvas e de Marvão!


Pedro Casimiro




quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Evento: XII Feira de Caça, Pesca e Desenvolvimento Rural: Vilar Formoso, dias 31 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020

Caríssimos(as),

E aqui temos o primeiro evento cultural de 2020, em que o GRHMA irá ser chamado a participar!

Trata-se da 12ª edição da já tradicional e bem sucedida Feira de Turismo, que irá ter lugar na esmerada localidade de Vilar Formoso, promovida e organizada pelo Município de Almeida, em que os mais diversos promotores económicos, turísticos e culturais do concelho de Almeida e não só, irão ter uma oportunidade singular para promover e divulgar produtos e serviços regionais, típicos e únicos.

E, perguntarão com pertinência Vossas Excelencias, qual é o produto que o GRHMA irá promover neste interessante evento cultural?

Ora bem, o produto que nós iremos fazer o possível por promover neste evento é exatamente o mesmo que temos vindo a promover há mais de uma década, de norte a sul de Portugal e no estrangeiro, sempre em proximidade e em coordenação com o Município de Almeida, que é o seguinte: promover e divulgar do conhecimento da História de Portugal e preservar e divulgar o património histórico-militar do concelho de Almeida, em especial na defesa da memória histórica deste concelho e das suas Gentes!

Alma até Almeida!

Pedro Casimiro


quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Evento: III Recriação Internacional dos Terços Espanhóis - Jaca, dias 8, 9 e 10 de maio de 2020


Caríssimos(as),

Hoje foi o dia da abertura das inscrições para o evento de Jaca!

Se tudo correr conforme o planeado, nos próximos dias 8 a 10 de maio de 2020 iremos assistir à estreia do novíssimo destacamento histórico-militar alusivo ao século XVII, do nosso Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida, através da deslocação dos nossos soldados à fantástica cidadela de Jaca, que se situa da província de Huesca,, no norte de Espanha, a fim de participarem neste evento.

Já estamos em contacto muito próximo com elementos da organização deste excelente evento cultural, onde temos bons amigos de outras "guerras", que já demonstraram disponibilidade para  ajudarem o GRHMA a conseguir cumprir os requisitos histórico-militares associados a este evento.

Trata-se, para nós, de um novo e entusiasmante desafio cultural, que poderá sem dúvida no futuro vir contribuir para abrir novas oportunidades e novos horizontes, ao nível da promoção e da divulgação do concelho de Almeida e do respetivo património histórico-cultural, que tem raízes muitos profundas também neste período da História de Portugal e da Europa.


Pedro Casimiro




sábado, 4 de janeiro de 2020

Rota Equestre e o 210.º Aniversário da Batalha do Bussaco - Equestrian Trail and the 210th Anniversary of the Battle of Bussaco (27-9-2020)


Caríssimos(as),

Já existem movimentações com vista a preparar a realização de um excelente evento cultural este ano, para coincidir com o 210.º Aniversário da Batalha do Bussaco!

Sem haver ainda uma confirmação definitiva, estão a ser desenvolvidos esforços a vários níveis com vista a colocar, pela primeira vez, os elementos de cavalaria na linha da frente de uma, ainda eventual, recriação histórica da Batalha do Bussaco, com vista à evocação do percurso seguido pelo Exército Imperial Francês após o termo do Cerco de Almeida (que cessou em 28 de agosto de 1810), em perseguição ao Exército Luso-inglês, que culminou na batalha realizada no dia 27 de setembro de 1810.

A novidade reside no facto de existir um projeto no sentido de esse percurso ser recriado apenas por destacamentos histórico-militares de unidades de cavalaria, cuja chegada ao Bussaco seria organizada de molde a coincidir com o início da cerimónia formal evocativa desta batalha, que todos os anos é realizada na manhã do dia 27 de setembro, junto ao Monumento.

Nesta medida, os valentes soldados de cavalaria que se preparem, pois podem ser chamados a percorrer as montanhas e os vales do Centro de Portugal no próximo mês de setembro, evocando o caminho que foi percorrido pelos nossos antepassados e que culminou na histórica e memorável Batalha do Bussaco!



Dear friends,

There are wheels already in motion, in order to ensure an exciting cultural event this year, to coincide with the 210th Anniversary of the Battle do Bussaco!


With no confirmation yet garanteed, there is an ongoing project that is planning to place the cavalry in the forefront of a possible reenactment of this year Anniversary of the Battle of Bussaco, with the reenactment of the trail followed by the French Imperial Army, during its pursuit of the Allied Army through Portuguese territory, after the end of the Siege of Almeida (that ended on the 28th of August 1810) and until the battle that occured on the 27th September 1810.

The novelty is that there is a plan for the reenactment of this trail to be made only by  detachments of historic cavalry units, with their arrival in Bussaco to coincide with the beginning of the formal evocative cerimony, scheduled for the morning of the 27th September, on the spot of the existing monument.

Therefore, the cavalry troopers out there must prepare themselves, because a call can be sent out for them to ride through the mountains and valleys of the Center of Portugal, reenacting and recalling the trail followed by our ancestors, that culminated in the historic and memorable Battle of Bussaco!


Pedro Casimiro



quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

Falecimento de Joaquim Loureiro (1 de janeiro de 2020)

(Joaquim Loureiro é visível ao centro da imagem supra)

Caríssimos(as),

Lamento informar que esta noite ocorreu o falecimento do nosso querido camarada e amigo Joaquim Loureiro, em resultado de doença prolongada.

Este nosso querido amigo, juntamente com o nosso companheiro Eduardo Ferreira, que infelizmente também já partiu do nosso convívio, foi um dos principais e iniciais impulsionadores da constituição da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro e do projeto histórico-cultural que a mesma corporiza.

Trata-se de um Senhor que sempre teve o Vimeiro e a Lourinhã no coração e com quem tivemos o prazer de trabalhar com muita proximidade durante vários anos, em prol da promoção e da divulgação do património histórico-cultural do Vimeiro e de Portugal, conforme ficou patente no já longínquo ano de 2008, por altura da organização das comemorações do Bicentenário da Batalha do Vimeiro, cujo sucesso em muito se ficou a dever à energia e à dedicação deste nosso querido amigo.

Deixamos aqui sinceros pêsames e um grande abraço à nossa querida amiga Ivone, sua esposa, a seus filhos e a toda a sua família.

Oportunamente será dado conhecimento do local e horário em que será realizado o funeral deste nosso amigo.


Pedro Casimiro



sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Votos de Boas Festas provenientes da Garde Chauvin!


Caríssimos(as),

Aqui fica um postal com desejos de Boas Festas dirigido a todos(as) os(as) associados(as) do GRHMA, enviado pelo nosso querido amigo Daniel Dieu, em representação da associação cultural francesa Garde Chauvin.

Estes(as) nossos(as) amigos(as) fizeram recentemente o seu almoço de Natal, que apelidam de almoço ou refeição de Almeida (repas d'Almeida), com o propósito evocativo do vínculo de amizade que une os membros das nossas duas associações culturais (GRHMA e Garde Chauvin).

É também com esse propósito que estes(as) nossos(as) amigos(as) colocam sempre a Bandeira Portuguesa junto à Bandeira Francesa, em todos os acampamentos históricos e eventos em que participam, seja eles realizados em França, seja eles realizados em qualquer país estrangeiro.

Ficam aqui igualmente sinceros desejos de umas Boas Festas e de um Excelente Natal para todos(as) estes nossos(as) amigos(as) franceses(as), na expetativa de continuarmos a ser merecedores da amizade e da lealdade que temos o privilégio de deles receber.


Pedro Casimiro




domingo, 15 de dezembro de 2019

Assembleia Geral e Almoço de Natal do GRHMA (14-12-2019) - Reportagem fotográfica


Caríssimos(as),

No passado sábado foi renovada a Tradição!

A realização de uma assembleia geral da nossa associação cultural no mês de dezembro de cada ano preenche uma função muito importante, servindo não só para permitir um balanço do trabalho e das atividades desenvolvidas no decurso do ano, como também para lançar as bases de novos projetos e de novos desafios.

 

A assembleia geral é também um dos momentos essenciais para debate de ideias em qualquer associação cultural, em que todos(as) têm oportunidade para colocar questões e debater pontos de vista, bem como solicitar qualquer tipo de esclarecimento relacionado com a vida e a organização interna do nosso Grupo, num exercício pleno de liberdade e de democraticidade.


Foi também, mais uma vez, com um prazer muito especial que pudemos contar com a presença na nossa assembleia geral do Sr. Presidente e do Sr. Vice-presidente da Câmara Municipal de Almeida, que se traduziu em mais um reflexo da cumplicidade institucional vigente há longos anos. no sentido do desenvolvimento do objetivo comum de promoção da História e das Tradições do concelho de Almeida e da História de Portugal.

 

Foram submetidos à votação e foram aprovados por unanimidade pela nossa assembleia geral, dois projetos inovadores e muito estimulantes, para começar a implementar já no ano de 2020, que sem dúvida irão contribuir para abrir novas portas e novas perspetivas de divulgação histórico-cultural do concelho de Almeida, a nível nacional e internacional.

Um desses projetos está relacionado com a criação, no seio do GRHMA, de um novíssimo destacamento histórico-militar, evocativo do período histórico da Guerra da Restauração e o outro projeto está associado à implementação da chamada Rota Equestre Histórico-militar entre Almeida e o Bussaco, que se destina a evocar e percurso territorial seguido quer pelo Exército Imperial Francês, quer pelo Exército Luso-inglês, após o final do Cerco de Almeida (28 de agosto de 1810) e até à Batalha do Bussaco (27 de setembro de 1810).

E também uma vez mais todos registamos com muito agrado as manifestações de apoio do Executivo Camarário do Município de Almeida, à execução e ao desenvolvimento destes novos projetos!


E aqui temos o nosso camarada Jorge Figueiredo, que vem de Aveiro e que está incluído no grupo dos nossos novos recrutas, que estão prontos para "pegar em armas" com vista à promoção e divulgação da História de Portugal!


No final da assembleia geral foi feito um minuto de silêncio, em evocação e memória dos nossos dois queridos camaradas e amigos recentemente falecidos, Eduardo Ferreira, membro da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro e Claude Roulet, membro da Garde Chauvin.

 

E depois do trabalho concluído houve oportunidade para a habitual reunião, fraternal e de franca camaradagem, à mesa da refeição, que serviu para aquecer os nossos corpos, mas também e principalmente, serviu para aquecer as nossas ALMAS!


O nosso Almoço de Natal contou ainda com a presença de um grupo de convidadas especialíssimo.

E esse grupo só podiam ser as meninas que participaram, na qualidade de magníficas bailarinas, no Baile Oitocentista realizado na edição deste ano do nosso Cerco de Almeida!
 

Neste tempo de Advento e de preparação para o Natal, deixamos aqui e em nome do Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida, sinceros desejos de Boas Festas e de um Santo Natal a todos os(as) apoiantes, familiares, amigos(as), companheiros(as) e camaradas do GRHMA, que se podem encontrar não só nas mais diversas regiões de Portugal, como também em vários países, espalhados pela Europa e pelo Mundo.

Fica também aqui uma palavra muito especial de apoio aos(às) nossos(as) camaradas franceses da Garde Chauvin e da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro, que nas comemorações de Natal deste ano irão sem dúvida evocar a memória e sentir a falta dos seus companheiros, recentemente falecidos.


Autoria das imagens: Armando Rui e Carlos Marques.


Pedro Casimiro




quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Filmagens em Almeida para o programa televisivo da RTVE "Las Rutas d'Ambrosio" (dia 30-11-2019) - Reportagem fotográfica

Caríssimos(as),

Apesar de estar a acabar o ano, o GRHMA continua a ficar bem na "fotografia"!

No passado dia 30 de novembro tivemos a oportunidade de colaborar em mais uma interessante iniciativa destinada à promoção e divulgação do concelho de Almeida, mediante uma participação no programa televisivo da RTVE intitulado "Las Rutas d'Ambrosio", que se destina a divulgar particularidades gastronómicas regionais, internacionais e reportadas a outros períodos históricos. 


Foi neste contexto que uma equipa de filmagens da RTVE, acompanhada do afamado Chef de Cozinha que é o apresentador deste programa televisivo, se deslocou a Almeida a fim de fazer várias filmagens da vila e do GRHMA, designadamente no contexto das caraterísticas e das particularidades gastronómicas em uso no início do século XIX, em especial pelos soldados em campanha.

Como todos sabem, uma das particularidade do nosso Cerco de Almeida tem a ver com a recriação de pelo menos uma refeição típica desta época histórica, em contexto e enquadramento histórico adequado, que é proporcionada a todos os recriadores participantes no evento.


Todavia, a chuva e o frio que se faziam sentir em Almeida neste dia impediram a realização da habitual fogueira e a confeção da refeição ao ar livre, motivo pelo qual foi necessário recorrer ao "plano B" e proceder à confeção da refeição na sede do GRHMA, com a preciosa ajuda das Cozinheiras, digo, Fadas Culinárias, do nosso departamento civil.


E depois do trabalho concluído, era importante evitar desperdícios, motivo pelo qual os soldados e demais elementos do GRHMA reuniram-se à mesa, para se deliciarem com a saborosa refeição confecionada pelas nossas Fadas Culinárias, obviamente acompanhada por um bom vinho, para ajudar a esquecer o frio que se fazia nas muralhas da fortaleza de Almeida!

Fica aqui um renovado Bem Haja a todos os elementos histórico-militares e civis do GRHMA que fizeram o favor de estar presentes e colaborar na organização e participação em mais este evento.

É devido um agradecimento especial às nossas exímias Cozinheiras, digo, Fadas Culinárias, que para além de matarem a nossa fome, aqueceram a nossa ALMA com dois ingredientes especiais: com a sua amizade e com a sua dedicação.


Pedro Casimiro



sexta-feira, 29 de novembro de 2019

World Travel Awards: Portugal eleito o melhor destino turístico do Mundo, pelo 3º ano consecutivo!

Caríssimos(as),

Portugal está novamente de parabéns!

 Efetivamente, verifica-se que pelo terceiro ano consecutivo o nosso singular e maravilhoso país foi eleito como o Melhor Destino Turístico do Mundo, seguindo uma tendência iniciada no ano de 2017 e repetida no ano de 2018.

No entanto, este não foi o único galardão recebido pelo nosso país!

Reflexo da evolução qualitativa que se vem verificando entre nós a nível turístico, foram recebidos muitos outros galardões neste âmbito, que abrangeram designadamente a TAP Air Portugal (que recebeu 3 prémios, como melhor companhia para viajar para África, para a América do Sul e detentora da melhor revista de voo), a Madeira, Arouca (Passadiços do Paiva) e Lisboa.

Como todos(as) sabemos, o setor turístico tem sido um dos grandes motores de sustentação e de desenvolvimento da economia nacional, tendo contribuído de uma forma relevante para ajudar o nosso pais a ultrapassar uma recente e gravíssima crise económica, que a todos(as) afetou.

Trata-se igualmente de um setor de atividade que é suscetível de prestar um contributo muito relevante para o desenvolvimento e sustentabilidade das regiões do interior do nosso país, afetadas pelo flagelo da emigração e do envelhecimento populacional, com o consequente abandono e desertificação de vastas parcelas territoriais. 

É de facto preciso continuar a trabalhar para reverter, nos termos que se encontram designadamente, condensados, em termos estratégicos, no interessante documento apelidado Estratégia Turismo 2027, que está disponível online, onde avultam sugestões no sentido da utilização de iniciativas associadas ao desenvolvimento turístico como meio de promoção e de dinamização do nosso Património Histórico e da nossa Cultura, entre muitos outros fatores, e assim contribuir para promover metas de sustentabilidade económica, social e ambiental, disseminadas por todo o território nacional.

E neste âmbito uma vez mais sublinhamos que a existência de uma parceria público-privadas, como aquela que existe há longos anos entre o GRHMA e o Município de Almeida, se pode traduzir, como efetivamente se vem traduzindo, em verdadeiro motor de promoção e de desenvolvimento regional, que não só potencia a divulgação do concelho de Almeida, da sua História e das suas Tradições pelos quatro cantos do Mundo, como também se converte em fator de dinamização e de sustentabilidade da economia local.

É neste contexto que continua a valer a pena, como sempre valeu a pena, o esforço e a dedicação dos generosos(as) cidadãos(ãs) voluntários(as) que integram a nossa associação cultural para, em conjugação de esforços com o Executivo Camarário do Município de Almeida, continuarmos a fazer o nosso modesto contributo para a divulgação do património histórico-cultural do concelho de Almeida!


Pedro Casimiro



terça-feira, 26 de novembro de 2019

Projeto NAPOCTEP - video promocional apresentado na FEHISPOR (Badajoz, dias 21 a 24/11/2019)


Caríssimos(as),

No passado final de semana realizou-se a 30ª edição da FEHISPOR, na simpática e cheia de História localidade espanhola de Badajoz!

Tratou-se de uma feira multisetorial luso-espanhola, que teve por objetivos, designadamente, promover as relações económicas, sociais e culturais entre os dois países, especialmente entre as regiões limítrofes da Estremadura espanhola e do nosso Alentejo.

E como é óbvio, uma das vertente essenciais esteve associada à promoção da dinâmica do chamado Turismo Militar!

Foi sem dúvida por este motivo que a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra se fez representar neste evento, no sentido, também, de promover o projeto NAPOCTEP (Interreg Portugal-Espanha).

Este projeto tem por finalidade promover e valorizar o património cultural Ibérico comum, alusivo às chamadas Invasões Francesas (início do século XIX), conforme aprovação recente realizada no âmbito do programa comunitário POCTEP, no sentido de transformar o património alusivo a esse período histórico num produto turístico único, suscetível de criar riqueza e emprego em múltiplas regiões de Portugal e Espanha, em especial nas chamadas regiões geograficamente mais periféricas, do interior.


E como todos sabem, o concelho de Almeida e o GRHMA estiveram presentes da cerimónia formal de APRESENTAÇÃO do projeto NAPOCTEP, que se realizou no passado dia 10 de julho de 2019, no Museu Militar do Bussaco!

Esta foi mais uma prova de que efetivamente o concelho de Almeida e o GRHMA estão na linha da frente nesta temática, fruto não só da visão e do investimento sustentado feito ao longo dos anos pelo Município de Almeida, como também da disponibilidade e da dedicação de todas as cidadãs e cidadãos voluntários, que integram o Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida.



E aqui temos um video de apresentação do Projeto NAPOCTEP, onde podemos também visualizar os dedicados soldados histórico-militares do GRHMA que estiveram presentes neste evento!

Acaba por ser triste constatar que algumas pessoas continuam presas a uma espécie de "lógica do passado", e sem capacidade para apreenderem e perceberem os novos e inspiradores caminhos que o futuro reserva aos projetos de recriação histórica, ao nível da colaboração com certas e determinadas entidades públicas e para efeitos da promoção de dinâmicas sustentadas e eficientes, de desenvolvimento histórico-cultural e turístico.

Há um facto inelutável, que é este: o Município de Almeida e o GRHMA já perceberam há muito o sentido desta dinâmica e sem dúvida que, nós no GRHMA,  iremos continuar a trabalhar para que a mesma continue a dar os necessários frutos!

ALMA ATÉ ALMEIDA!


Pedro Casimiro