Clique na Imagem

terça-feira, 31 de maio de 2011

Bicentenário da Batalha de Fuentes de Oñoro - Reportagem Fotográfica (1)


Como vem sendo habitual, vou deixar-vos mais um relato (totalmente fidedigno...) daquilo que se passou no último evento que mereceu a participação dos nossos bravos soldados, defensores da História e Tradições de Portugal, realizado em Fuentes de Oñoro, no passado fim de semana.


O dia começou cinzento e o frio trespassava o fino pano das tendas. 
É preciso mesmo muito "amor à camisola" para enfrentar os elementos atmosféricos nestas alturas...


A fogueira é indispensável em qualquer acampamento, e a sopa matinal vem mesmo a calhar.


De pequenino é que se torce o pepino! 
Este tipo de eventos proporciona à fantástica gente mais pequena, que acompanha os seus pais, um contacto privilegiado com a natureza e com a história e tradições dos seus avoengos.


Convém apertar a faixa só depois do pequeno-almoço!


Por falar em pequeno-almoço, um café quentinho para começar o dia vem mesmo a calhar!


Qualquer soldado que se preza começa o dia recolhendo o máximo de munição de boca!
Aqui vemos o nosso amigo Juan, como soldado previdente que é, no processo de armazenamento deste importante tipo de munição.


Pedro Casimiro

terça-feira, 24 de maio de 2011

Bicentenário da Batalha de Fuentes de Oñoro - dias 28 e 29 de Maio de 2011



Caríssimos, 
Trata-se de um anúncio um pouco "em cima da hora", mas aqui fica. 
Tenho a certeza que os amantes da história irão abandonar tudo para começar desde já a preparar as suas  bagagens, a fim de não perderem mais este interessante acontecimento.

A batalha de Fuentes de Oñoro realizou-se entre os dias 3 e 6 de Maio de 1811 e precedeu, em alguns dias, a batalha de La Albuera, de que aqui já falamos. Esta batalha foi decisiva para garantir a reconquista da importante fortaleza de Almeida, que nesta altura ainda se encontrava nas mãos do exército imperial francês.
Aliás, o que motivou esta batalha foi precisamente a tentativa feita pelo Marechal Massena, juntamente com um exército francês com cerca de 40.000 homens, levantar o cerco que nessa altura estava em curso a essa fortaleza, feito por Wellington e um exército luso-inglês.

A pequena e típica localidade de Fuentes de Oñoro ainda possuí a disposição e os característicos muros de pedra que, há duzentos anos atrás, serviram de cenário a duros combates entre os dois exércitos envolvidos.
Não será um evento envolvendo muitos participantes (estão previstos cerca de 150 recriadores históricos) mas sem dúvida que será muito interessante, tanto mais que irá ter uma componente de acampamento histórico.

Devido a compromissos pessoais, infelizmente não vou poder estar presente neste evento e desde aqui envio um forte abraço a todos os camaradas de armas que lá irão estar, desejando a todos um evento com muita emoção e pólvora quanto baste.

Alma até Almeida!

Pedro Casimiro

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Bicentenário da Batalha de La Albuera -Reportagem Fotográfica (3)

Aqui ficam dois videos excepcionais relativos a este evento.


No primeiro é possível visualizar os soldados portugueses formados nas ruas de Albuera, à espera do início do desfile (minuto 0.32)


No segundo é possível visualizar grande parte dos combates de perto.
O "anel" de fumo que é possível visualizar as minuto 1.13 é proveniente do disparo de uma peça de artilharia portuguesa.



Pedro Casimiro

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Bicentenário da Batalha de La Albuera -Reportagem Fotográfica (2)

Aqui ficam mais algumas imagens relativas ao evento recentemente realizado.
As guarnições de artilharia preparam-se para carregar as peças até ao campo de batalha e olhem que "arrastar" canhões com cerca de 300 Kg através de alguns quilometros não é coisa fácil.

Claro está que o ideal seria fazer como alguns recriadores, que de alguma maneira conseguem arranjar "voluntários" quadrupedes, para ajudar a transportar as peças de artilharia. 

A infantaria também não teve outra opção senão marchar até ao campo de batalha.

Aqui temos alguns dos nossos aliados, a fazerem os últimos preparativos antes de entrarem em acção.

Os nossos amigos franceses do 3.ºeme Regiment de Ligne já estão prontos para o combate!

O nosso amigo, Monsieur le Capitaine Jean-Yves, assume a posição habitual à frente do 3.ºeme de Ligne e aguarda serenamente o avanço das forças aliadas.

As peças de artilharia portuguesas foram colocadas no cimo de uma colina e esperam para ver se os franceses são corajosos o suficiente para tentarem tomar essa posição.

Alguns elementos do 95.º Rifles prestaram um auxílio importante à artilharia na defesa dessa colina, em face das grossas colunas de infantaria adversária que a assaltaram.

Aqui temos uma imagem que ilustra a violência dos combates em torno desta posição estratégica, que estava a ser defendida pelas tropas portuguesas (de artilharia e infantaria).

No final dos combates e depois de dissipado o fumo da pólvora, foi possível constatar as pesadas baixas sofridas pelas nossas forças, de modo que só 8 soldados é que conseguiram arranjar forças para posarem para uma última fotografia.

Temos aqui um aspecto geral do pavilhão onde ficou alojada a maioria dos recriadores, com um aspecto limpo e alinhado, aspecto esse que pouco tempo depois iria desaparecer...

Pedro Casimiro 

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Bicentenário da Batalha de La Albuera -Reportagem Fotográfica (1)

Tenho a certeza que todos os nossos (dois ou três...) seguidores têm andado numa tremenda ansiedade à espera da publicação de imagens do evento recentemente ocorrido em Albuera.
Aqui ficam elas!


Aspecto geral do acampamento histórico, com a parada/avenida principal. 
É possível visualizar o acampamento português à direita.


Aqui podemos ver às guarnições de artilharia portuguesa à espera da visita de inspecção às tropas em parada...que nunca chegou a ocorrer.


Tropas do 9.º Regimento de infantaria ligeira, francês.


O sol não foi muito forte, mas uma sombra sabe sempre bem.


Aqui podemos ver os nossos companheiros do Magote de Santo Antão, junto às tendas 


O lugar das mulheres é...a costurar as roupas dos soldados!


Os 95.º Rifles, em passeio.


O passatempo favorito das mulheres: conversar


Convém ficar bem apertado, senão pode saltar qualquer coisa cá para fora...


E para acabar esta série, deixo-vos um excelente exemplo do tipo de refeição que NÃO se deve confeccionar num acapamento histórico.

Um dia destes há mais!

Pedro Casimiro

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Album Fotográfico do Urgull Historico

Venho aqui deixar-vos um link para uma interessante galeria pública de fotos dos nossos camaradas do Urgull Historico, que contém imagens de eventos muito interessantes em que os respectivos elementos participaram, realizados por toda a Europa e América do Sul.

Bom trabalho!

http://picasaweb.google.com/urgull.historico

Pedro Casimiro

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Comemoração do 25 de Abril de 1974, em Almeida

Como sucede habitualmente, os elementos do GRHMA que para o efeito tiveram disponibilidade marcaram presença nas cerimónias de comemorativas do 25 de Abril de 1974, que este ano se realizaram na Vila de Almeida.

Aqui ficam algumas imagens do evento.


As tropas em formatura em frente ao edífício da Câmara Municipal de Almeida


Tiro de salva de artilharia, no Largo 25 de Abril, em Almeida


Tiro de salva de infantaria, no mesmo local


Sessão solene nos Paços do Conselho


Almoço de confraternização


Pedro Casimiro