GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

domingo, 6 de março de 2016

O GRHMA e a AMBV na Feira Internacional de Lisboa (BTL)


Caríssimos(as),

Graças, uma vez mais, aos consideráveis esforços da nossa fotógrafa oficial (a.k.a. Paulinha), tenho a possibilidade de vos trazer algumas imagens relativas à participação do GRHMA (Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida) na recentemente realizada Feira de Turismo de Lisboa, associado ao Município de Almeida.

O GRHMA esteve representado pelos nossos soldados António Soares e Carlos Soares, visíveis na imagem supra.


Este tipo de certames possui uma importância muito relevante, em termos de promoção e de divulgação cultural e turística e sem dúvida que o Município de Almeida poderá contar sempre com a nossa colaboração, para este tipo de eventos, porquanto a nossa atividade tem principalmente por objetivo a preservação e divulgação do património histórico-cultural do concelho de Almeida, o que alcança por via da promoção e da divulgação do conhecimento da História de Portugal, conforme decorre dos Estatutos da nossa associação histórico-cultural. 



Mas, não estamos sozinhos nesta tarefa!

Os nossos camaradas de armas da AMBV (Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro), que estão associados ao Município da Lourinhã e que possuem objetivos estatutários em tudo semelhantes aos do GRHMA, também estiveram presentes neste evento em força, exibindo com orgulho a bandeira regimental do Regimento de Infantaria nº 19 (RI nº 19), novinha em folha!

Parabéns!

Será um prazer e um orgulho ver associada a bandeira do RI nº 19, às bandeiras regimentais do RI nº 23 e do RA nº 4, nos campos de batalha histórico-culturais!



Os nosso camaradas do RI nº 19 já possuem uma esquadra de infantaria completa e cada vez mais operacional.

Como já está amplamente demonstrado, é muito importante a contribuição e o trabalho desenvolvido por associações histórico-culturais tais como o GRHMA e a AMBV, na promoção dos respetivos concelhos de origem, por via da divulgação do relevantíssimo património histórico-militar nacional, que constitui uma vertente fundamental da História de Portugal.

Este contributo, desenvolvido por homens e mulheres que não esperam nem pedem nada em troca do tempo dispensado e pelo trabalho desenvolvido, é também uma demonstração de cidadania ativa e participativa, em prol da comunidade em geral e em prol de Portugal.



Pedro Casimiro 



Sem comentários:

Enviar um comentário