GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Comemoração do 25 de abril de 1974 - Reportagem fotográfica


Caríssimos(as),

Graças à eficiência que carateriza a fotógrafa oficial do GRHMA, tenho a possibilidade de vos trazer, praticamente em tempo real, algumas imagens relativas à comemoração do 25 de abril de 1974, hoje realizada em Almeida.


Trata-se de um evento anual importante, que conta sempre com a presença dos soldados do GRHMA, destinado a marcar um evento relevante do passado recente de Portugal, a que o concelho de Almeida esteve também associado.


Após a sessão solene, realizada nos Paços do Concelho, seguiu-se uma cerimónia na Praça 25 de Abril, que se situa no acesso principal à Vila de Almeida (Portas de S. Francisco).


Este evento contou com uma presença maciça dos elementos do nosso "departamento civil", que pelos vistos, foram em número equivalente (senão superior...) ao dos valentes soldados do GRHMA presentes.


E, como podemos constatar através destas imagens, tem sido feito um esforço relevante na procura da qualidade e do rigor histórico, em termos de vestimentas de época, que está a conferir uma elegância e um carisma muito singular e especial às senhoras do nosso "departamento civil".

Parabéns!
  

Esta é mais uma aposta importante, em termos de qualidade e de vitalidade, no seio do GRHMA, uma vez mais com a relevante e indispensável colaboração do Município de Almeida, no sentido da criação de um verdadeiro e singular ambiente de época (início do séc. XIX) na Vila de Almeida, sem paralelo no território nacional.


E, claro está, este esforço pela elegância não passa despercebido aos nossos soldados, que, pelos vistos, também querem entrar na "competição"...

Foi o caso do nosso Sargento Joaquim Guedes, que se apresentou em Almeida a estrear o seu novíssimo uniforme de oficial das Milícias da Feira, com igualmente uma novíssima raposa no seu chapéu, que pelos vistos fez um sucesso imediato e assinalável em Almeida!


E, em matéria de chapéus, o nosso soldado caçador Rui Silva também não quis ficar atrás e pediu emprestado um "chapelinho" branco, para ver se combinava com o seu fardamento.

Cá para mim, o Rui não vai ficar muito bem colocado na "escala da elegância"...


Já o nosso amigo Paulo Rolim resolveu jogar pelo seguro e utilizar o seu tradicional bonnet de police neste evento, à cautela, para não arriscar ter de usar um chapéu semelhante ao usado pelo Rui...


A Paulinha e a Bia foram para chapéus mais tradicionais, uma vez que estes combinam sempre bem com uma ginginha à moda de Almeida.


Por seu lado, o Rafael aproveitou a oportunidade para exibir um novissímo e excelente par de talheres de época, para utilizar em ambiente de acampamento histórico.

 Olha lá Rafael, sabes que há mais quem precise desse tipo de talheres, certo?



Como sempre, os eventos participados pelo GRHMA terminam com um animado convívio!


Bem haja pela presença de todos os elementos do GRHMA, que se dispuseram a colaborar na realização deste evento.



Pedro Casimiro



Sem comentários:

Enviar um comentário