GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

domingo, 10 de julho de 2016

Força Portugal! Alma até Almeida!




Caríssimos(as),

Como (quase...) todos sabem, no dia de hoje vai realizar-se um evento desportivo de grande relevância para o futebol europeu e mundial, traduzido na final do Euro 2016.

Com exceção do nosso treinador Fernando Santos, no início desta competição porventura poucos portugueses (arreigados no nosso proverbial pessimismo...), incluíndo eu, acreditavam que a equipa portuguesa seria uma das seleções presentes nesta final.

Mas a verdade é que aqui estamos!

No entanto, também é verdade que meio mundo está contra nós! Uns disseram que o nosso futebol é nojento, outros disseram que não merecemos estar onde estamos e que tudo se ficou a dever a uma espécie de golpe de "sorte".

Por outro lado, parece os nossos amigos franceses já encomendaram as faixas de campeões europeus e até já compraram umas toneladas de foguetes para fazer uma festarola rija, lá prós lados dos Campos Eliseus.

A nosso favor só vamos ter mesmo os 11 tugas em campo e os cerca de 11 milhões a roer as unhas na Tugalândia.

No entanto, é preciso ter fé e dizer, como DISSE o nosso selecionador: ALMA ATÉ ALMEIDA!

Para todos os "outros", resta apenas lembrar um bom provérbio português: "até ao lavar dos cestos é vindima"...


Pedro Casimiro





1 comentário:

  1. Eu sou de perto de Viana do Castelo, não conhecia a expressão mas sei graças ás admiráveis e soberbas reconstituições históricas da tomada de Almeida feitas no fim de cada verão, que Almeida por fim caiu após o rebentamento do paiol. Mas mesmo assim e a pesar da derrota essa expressão soa-me a algo que puxa por todos nós Portugueses, pela nossa identidade secular, pelas nossas tripas a dar o que temos de melhor em nós e que é fruto recolhido nestes seculos todos ao longo de nossos caminhos traçados pela Nação, pelo Mundo, pelo tempo fora e que faz o que somos hoje; aqueles que são prestes a vir de qualquer ponto de País com "alma até Almeida" para ter ajudado Almeida a se defender !

    No dia 10 de Julho de 2016, os nossos campões conseguiram um feito Histórico com essa “alma até Almeida” mesmo tendo um dos seus generais á ficar fora de campo (de batalha) ao ser atingido num joelho.

    Tenho um imenso respeito pelas batalhas (militares ou não), sei que lá se dá seu melhor, e desse ponto de vista queria homenagear cada soldado em campo de batalha, qualquer que seja a cor de sua bandeira, por estar ali entre seis, dez, doze ou mil outros a combater por vezes ao risco de perder sua própria vida ou mesmo de a ter perdido !

    Meu eterno bem haja para eles, os conhecidos mas sobre tudo todos os descondidos !

    Abraços,
    Jorge Macedo (jorge.macedo@wedo.pt)

    ResponderEliminar