GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

XII Recriação Histórica do Cerco de Almeida - Reportagem video-fotográfica(4): Cerimónias matinais (dia 27-8-2016)



Caríssimos(as),

Depois de uma ligeira noite de sono, no sábado de manhã os recriadores históricos presentes no Cerco de Almeida deslocaram-se aos Paços do Concelho, a fim de participarem na cerimónia do içar das bandeiras.

Como é habitual, são içadas as bandeiras representantivas das nacionalidade de todos os recriadores históricos presentes no evento, que nesta ocasião incluíram as bandeiras da Alemanha, Espanha, França, Reino Unido e de Portugal


Aqui podemos ver o destacamento do GRHMA em marcha, seguindo a bandeira regimental do Regimento de Infantaria nº 23 e de um dos nossos instrumentos musicais (Sistro) favorito, que é uma peça que muitos poucos grupos de recriação histórica se podem arrogar ser possuídores e que ajuda sobremaneira os nossos soldados a "marcar o passo".
 

Os nossos camaradas da Garde Chauvin também não se pouparam nas marchas, tendo sido sempre pontuais na chegada às cerimónias evocativas.
 

Tal como sucedeu, por exemplo, com os nossos camaradas espanhóis da Associacion Recreacion Historica "Batalla de Vitoria 1813", que podemos ver na imagem supra, bem como sucedeu com os demais participantes neste evento, fossem eles nacionais e estrangeiros.


Vista parcial da formatura, em frente aos Paços do Concelho.


Ato contínuo, todos os participantes deslocaram-se, em desfile histórico-militar, ao monumento que fica junto ao Picadeiro d'El Rey, onde foi feita uma singela e emotiva cerimónia evocativa, alusiva à memória de todos os soldados que tombaram no decurso do Cerco de Almeida, ocorrido no mês de agosto de 1810.


Aqui podemos ver os nossos camaradas e amigos da AMBV, integrados no desfile histórico-militar.


Esta cerimónia constituiu também uma oportunidade importante para evocar a memória das recentes vítimas do terramoto ocorrido em Itália, bem como a memória das pessoas que, por toda a Europa, têm sido vítimas do flagelo do terrorismo internacional.


Para além dos oficiais representantes dos recriadores históricos, esta cerimónia contou com a presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Almeida, do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Elvas e do Sr. Coronel Américo Henriques, que prestou um serviço inestimável nas diversas alocuções que realizou, ao longo de todo o evento.


Como não podia deixar de ser, nesta cerimónia estiveram também presentes as bandeiras regimentais esquarteladas, dos Regimentos de Infantaria nº 23 e nº 19.


Como é habitual, os elementos populares/guerrilheiros marcam sempre a sua presença e são sempre bem-vindos neste tipo de cerimónias.


Esta cerimónia contou ainda com a presença de uma delegação de um grupo coral, que, com muito sentimento, entoou o Hino de Almeida, para gáudio de todos os assistentes!


Esta imagem permite uma perspetiva geral do local da cerimónia.


O encerramento desta cerimónia foi marcado, como é habitual, com uma salva geral de mosquetes, feita por todos os grupos participantes.

 

O abundante fumo libertado pelos tiros de salva deu o mote para os enérgicos combates que se avizinhavam...


Não desesperem os nossos fieis seguidores, pois ainda estão na calha inúmeras fotos e vídeos dos demais sucessos ocorridos neste evento, que a seu tempo irão aparecer neste blogue!


Autoria das imagens: Paulinha, Histoarts, Fernando e Carlos Marques.

Pedro Casimiro





Sem comentários:

Enviar um comentário