GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Concurso de Ideias "MENTES BRILHANTES para o TURISMO MILITAR", Aveiro, 16-11-2016 - Reportagem fotográfica


Caríssimos(as),

Uma vez mais, o prometido foi cumprido! 

Mesmo depois de um ano pleno de múltiplas atividades e de participações em eventos, alguns deles envolvendo deslocações de vários milhares de quilómetros, ainda assim o GRHMA conseguiu reunir cerca de duas dezenas de voluntários, entre elementos civis e militares, a fim de colaborar condignamente nesta iniciativa promovida pelo Ministério da Defesa Nacional, associada à promoção do chamado Turismo Militar.

Este evento, que contou com a presença, designadamente, do Exmo. Senhor Secretário de Estado da Defesa, Dr. Marcos Perestrello, e do Exmo. Senhor Chefe do Estado Maior do Exército, General Frederico Duarte, destinou-se essencialmente a contribuir para despoletar o interesse dos mais jovens pela temática do Turismo Militar, chamando a atenção para as respetivas potencialidades, enquanto fator de crescimento e de desenvolvimento, aos mais variados níveis.




Este evento constituiu, também, uma oportunidade relevante para chamar a atenção dos inúmeros jovens presentes para os desafios e para os atrativos da profissão militar, com vista a despoletar vocações para o desempenho de algumas das mais nobres tarefas que estão ao alcance de qualquer cidadão(ã), associadas à defesa da Pátria.


Por seu lado, todas as associadas da Associação Napoleónica Portuguesa (ANP) marcaram uma presença relevante neste evento, envolvendo o Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida (GRHMA), a Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro (AMBV) e a Associação Portuguesa de Recriação Histórica (APRH).

Estas associações pretenderam, designadamente, dar a conhecer o trabalho que desenvolvem, em regime de voluntariado, em termos da promoção e da divulgação do património histórico-cultural português, bem como para chamar a atenção para a relevância das reconstituições histórico-militares enquanto fator de atração e de desenvolvimento cultural e turístico.


E aqui podemos ver a fantástica BALISTA que, entre muito outros equipamentos, os nossos amigos da APRH fizeram transportar para este evento e que serviu para fazer interessantíssimas demonstrações de tiro neurobalístico, que muito impressionaram os assistentes.


Os nossos amigos da AMBV trouxeram e colocaram em exposição alguns dos singulares objetos que faziam parte do kit de campanha, usado pelo soldado do início do séc. XIX.


Por seu lado, o GRHMA teve a seu cargo uma exposição relativa ao armamento ligeiro usado pelo soldado de infantaria português do mesmo período histórico, entre os quais se incluíam dois mosquetes Brown Bess, sendo um do modelo "India" e o outro do modelo "Land".


E, como podemos ver na imagem, quem assumiu a responsabilidade pela execução desta tarefa foi o nosso cabo Coelho que, apesar de ainda se encontrar em fase de recuperação de um problema de saúde, mesmo assim fez um esforço no sentido de uma participação e colaboração ativa neste evento, o que é mais um sinónimo da sua dedicação à nossa causa.

Aliás, o Coelho também aproveitou este evento para dar uma explicação ao Comandante do GRHMA, alegando que havia uma dificuldade de natureza doméstica que impedia a colocação das novas insígnias de cabo, no seu uniforme. 

Com a sua sensibilidade habitual, o nosso Comandante telefonou de imediato à Srª D. Fátima Casimiro, esposa do nosso soldado Coelho e apelou à respetiva colaboração no sentido de ultrapassar essa dita dificuldade doméstica e pedir o favor da respetiva ajuda, com vista à colocação dessas insígnias.

O nosso Comandante é de uma bondade extrema...



E por falar em gestos de bondade, é obrigatória uma referência ao trabalho desenvolvido pelas senhoras do nosso departamento civil no decurso deste evento e à generosa colaboração da Câmara Municipal de Almeida, que permitiram a exposição neste evento de uma mesa plena de saborosos e suculentos produtos regionais típicos da Beira Alta, que fizeram as delícias do público presente.

Esta é outra vertente relevante do trabalho desenvolvido pelo GRHMA, associado à promoção e à divulgação da gastronomia típica da região da Beira Alta, criando uma relação de complementaridade entre a promoção e divulgação do património histórico-militar e a valorização e divulgação do respetivo património gastronómico, que constitui um relevante atrativo turístico-cultural.


E aqui temos as nossas amigas Paulinha e Bia, a dar um contributo para a promoção do património gastronómico da Beira Alta, exemplificando algumas das técnicas mais eficazes utilizadas para esvaziar um copo da famosa GINJINHA de Almeida...


E aqui temos mais duas conhecidas senhoras do nosso departamento civil, que se dedicaram a exibir alguns dos trajes típicos do início do séc. XIX. Aliás, este evento contou uma vez mais com um forte contingente de senhoras do departamento civil do GRHMA, demonstrando uma vez mais a dedicação e a relevância destes elementos, para o sucesso desta nossa atividade.


Como sempre, não podia igualmente faltar neste evento uma mesa com diversos folhetos informativos relativos, designadamente, ao concelho e vila Almeida, às Aldeias Históricas e ao GRHMA.

Quem sabe se, à semelhança do Exército, também o GRHMA irá conhecer um afluxo inusitado de novos recrutas, por causa deste evento!


Outra singularidade deste evento tinha a ver com o enorme espaço livre disponível, existente junto ao pavilhão de exposições, ou não estivéssemos numa base militar.

Sucede que, a certa altura, os soldados do RI nº 23 e do RI nº 19 começaram a insistir com o Comandante do GRHMA, no sentido da realização de algumas manobras e treinos de infantaria, para aquecerem os músculos das pernas.

De início, o nosso Comandante mostrou-se renitente e recusou fazer qualquer treino, de molde a evitar que os seus soldados de cansassem demasiado. No entanto, as tropas tanto insistiram nesse sentido que o nosso Comandante, muito a contragosto, acabou por ceder e coordenar a realização de diversos treinos táticos de infantaria, para gáudio dos nossos bravos e valentes soldados.


Sem dúvida que os quase dois mil jovens presentes neste evento, provenientes das mais variadas regiões do nosso país, tiraram o melhor proveito das inúmeras atividades desenvolvidas no decurso do mesmo e sem dúvida também que daqui irão igualmente surgir diversas Ideias Brilhantes, que irão contribuir para o desenvolvimento do Turismo Militar.


Autoria das imagens: Paulinha e APRH.


Pedro Casimiro



Sem comentários:

Enviar um comentário