GRHMA

GRHMA
CLIQUE NA IMAGEM

terça-feira, 31 de maio de 2016

III Recriação Histórica da Batalha de Vitória - Reportagem fotográfica


Caríssimos(as),

No passado fim de semana realizou-se mais uma expedição histórico-militar do GRHMA, acompanhado dos nossos camaradas da AMBV, por terras de Espanha, mais precisamente à simpática cidade de Vitória, a fim de participar na recriação histórica organizada pelos nossos amigos da Associação de Recriação Histórica "Batalla de Vitoria 1813".



A primeira dificuldade que tivemos, logo à chegada, teve a ver com a deteção do nosso "alojamento".

É que ficamos instalados numa tenda coletiva (cedida pelo exército espanhol), que estava tão bem camuflada pela vegetação envolvente (e que vegetação!), que foi um problema para a encontrar.

Claro que o facto de termos chegado ao acampamento por volta das duas horas da madrugada e não haver qualquer iluminação no local, também "ajudou" à festa...


O sábado de manhã (dia 28-5) foi marcado por um desfile militar que percorreu as ruas da cidade de Vitória, com a participação de todos os grupos presentes.


Aqui podemos ver alguns dos nossos estimados amigos da  Associação "Batalla de Vitoria 1813", que se dedicaram a organizar este evento.

Estes nossos camaradas dedicaram-se de alma e coração à organização deste evento e fizeram todos os possíveis para superar as dificuldades logísticas surgidas, de molde a proporcionar aos recriadores históricos presentes as melhores condições.

Bem haja pelo v/ trabalho e esforço!


O desfile terminou na Praça onde se encontra instalado um belíssimo monumento evocativo deste importante acontecimento histórico (Batalha de Vitória), ocorrido no dia 21 de junho de 1813, que marcou a retirada definitiva do exército imperial francês da Península Ibérica.

Neste local foi depositada uma coroa de flores e foi realizada uma cerimónia evocativa em memória de todos os soldados que tombaram no decurso desta batalha, pertencentes aos exércitos das várias nações intervenientes.


Esta imagem ilustra o destacamento português (civil e militar) que esteve presente nesta cerimónia, composto por elementos do GRHMA e da AMBV.


Durante a tarde de sábado, as nossas tropas dedicaram-as a preparar as armas e o equipamento necessário para intervir nas batalhas que se avizinhavam.

Aqui podemos ver alguns soldados a fazer cartuchos de infantaria e de artilharia, com a ajuda do ativo Comandante do GRHMA, que está sempre disponível para ajudar os seus soldados na execução de qualquer tarefa.


E cá está ele (Comandante) outra vez, a ajudar na montagem de uma das tendas, apontando o local exato de colocação da espia de sustentação das cordas, na medida em que está em causa um ato que envolve um conhecimento específico e uma técnica e precisão especiais...



E enquanto os nossos soldados trabalhavam arduamente, as simpáticas senhoras do nosso departamento civil também ajudavam no que podiam.
Aqui podemos vê-las a verificar se os bancos de madeira usados no acampamento histórico estavam a ser bem construídos...


Mas aquilo que os nossos soldados gostam mesmo é de fazer a formatura matinal, com o equipamento de combate completo!


E aqui estão os soldados de artilharia e de infantaria, a receber a inspeção, pois nesta tropa um soldado tem de estar sempre limpo e aprumado.


No entanto, a certa altura o "caldo" ficou entornado!

Vejam lá que um dos soldados se esqueceu de desligar o seu telemóvel do séc. XXI (eu não vou identificar o soldado envolvido, mas apenas vou dizer que o seu primeiro nome é Mário e o seu último nome é Alverca...), o que resultou numa espécie de anacronismo histórico, no decurso de uma inspeção militar do séc. XIX.

Ora, anacronismos históricos é que nós não podemos ter!


Por este (e outro..) motivo, as tropas do GRHMA tiveram uma vez mais o especial prazer de receber um PRÉMIO, generosamente concedido, pelo generoso Comandante do GRHMA!


Como sempre, a parte mais interessante do evento foram os combates!


Formamos uma esquadra de infantaria integrada por elementos do GRHMA e da AMBV, que prestou um serviço de qualidade no campo de batalha. 


Por seu lado, as nossas peças de artilharia também não deixaram os seus créditos por mãos alheias, contando com a colaboração de soldados da AMBV, que se estrearam a combater com tampões (nos ouvidos...) e com a participação de alguns elementos civis.

Pelo que ouvi dizer, brevemente vamos poder contar uma nova artilheira no Regimento de Artilharia nº 4 (que ainda não posso identificar, pois a Bia pediu-me segredo...).

Um video interessante do evento, na vertente dos treinos preparatórios e dos combates, pode ser visualizado AQUI.


Aqui podemos ver uma perspetiva do excelente parque natural onde ficou instalado o acampamento, que permitia um enquadramento histórico muito interessante.


Claro está que este enquadramento era aproveitado pelas senhoras do nosso departamento civil, para exibirem, com merecida vaidade, a qualidade dos seus trajes do início do séc. XIX!


Por outro lado, a Paulinha e o Tó também aproveitaram o espaço disponível para se instalarem num espaçoso T0, com muita luz direta e vista para o parque...


E aqui  podemos vê-los novamente a cumprimentar um jovem amigo que fizeram no decurso deste evento, da "marca" Grand Danois. 

Ainda bem que o cão não cabia na carrinha de transporte, senão nesta altura já estaria a morar em Almeida...


E cá está o nosso amigo José Palomera, com quem já não convivíamos desde o evento de Toulouse, realizado em 2014!



E aqui temos uma imagem de alguns dos nossos soldados mais fotogénicos, que de algum modo ilustra o espírito de camaradagem e de convívio, que existe no nosso grupo.

Uma vez mais, o "saldo" decorrente deste evento para o GRHMA foi claramente positivo, quer em termos da participação no mesmo, quer em termos da promoção do nosso património histórico-cultural.

Todavia e também uma vez mais, isto não sucedeu por mero acaso. O sucesso deste evento ficou a dever-se ao trabalho e à dedicação dos nossos associados, como foi o caso dos elementos que saíram de Almeida mais cedo, para instalação da nossa "base" em Vitória. Aliás, foi graças a eles que conseguimos encontrar o próprio acampamento!

Foi importante o trabalho dos nossos elementos que conseguiram desbloquear transportes alternativos, quando, na hora da saída, o autocarro previsto para o efeito sofreu uma avaria. 
Foi importante o trabalho dos elementos que assumiram a responsabilidade de conduzir as viaturas de transporte durante mais de 1000 km (ida e volta). 
Foi importante o trabalho dos elementos que trataram da logística associada ao evento, designadamente na vertente do carregamento dos transportes com todas as peças de equipamento  e dos alimentos necessários, bem como na vertente da colocação das várias tendas usadas no acampamento (acabadas de montar por volta das 04.00h da madrugada...).
Foi importante o trabalho dos nossos elementos que trabalharam na organização dos trâmites administrativos prévios à realização do evento. 
Foi, uma vez mais e como sempre, importante o Município de Almeida que, diretamente e através dos seus funcionários e colaboradores, disponibilizou as condições logísticas necessárias à deslocação de dezenas de pessoas a Espanha.

Graças, uma vez mais, à v/ dedicação e ao trabalho de equipa, foi possível produzir os melhores frutos, agora e cada vez mais com a ajuda e a colaboração dos nossos camaradas da AMBV!

Alma até Almeida!


Pedro Casimiro





quarta-feira, 25 de maio de 2016

Ciclo de Conferências: Burgos no Contexto Internacional da Guerra (dia 10 de junho de 2016)


Caríssimos(as),

Aqui fica uma informação relevante, para os interessados em assistir e/ou participar no evento de recriação histórica, que irá ter lugar na lindíssima cidade de Burgos (Espanha), relacionado com o ciclo de conferências que se irá realizar-se no dia 10 de junho de 2016.

Está em causa não só de um tema muito profundo (Burgos no Contexto Internacional da Guerra - 1812), como também um painel de conferencistas de qualidade, que sem dúvida irá resultar num ciclo de conferências muito interessante.

A página do FACEBOOK relativa e este evento está sempre atualizada e contém esta e muitas outras informações de relevo.

Aqui ficam sinceras felicitações ao nosso amigo Diego Peña e a todos os elementos associados à organização deste evento, pelo excelente trabalho desenvolvido!


Pedro Casimiro





quinta-feira, 19 de maio de 2016

Video Promocional do Cerco de Almeida (dias 26, 27 e 28 de agosto de 2016)



Caríssimos(as),

Venho colocar à v/ disposição, quase em primeira mão, um fantástico VIDEO PROMOCIONAL de uma das mais excelentes, bem organizadas e mais empolgantes recriações históricas, que este ano se irá realizar na Península Ibérica: o Cerco de Almeida, edição de 2016!

Para aceder ao video é necessário colocar a password "almeida".

Um evento a não perder!

Alma até Almeida!


Pedro Casimiro




quarta-feira, 18 de maio de 2016

Atelier Didático e Gincana "Soldadinhos de Wellington" - dia 4 de junho de 2016



Caríssimos(as),

Aqui fica uma nota relativa a mais uma interessante iniciativa desenvolvida pelo Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, inserida na agenda do "Ano Wellington".

Está em causa um evento dirigido ao público infanto-juvenil (6 a 12 anos), que irá proporcionar uma introdução interessante à História de Portugal do início do séc. XIX, na vertente das Invasões Francesas, numa perspetiva apelativa aos mais jovens.

As inscrições podem ser feitas através de correio eletrónico (cibatalhavimeiro@cm-lourinha.pt) ou através dos seguintes contatos telefónicos: 261988471 e 910084726.

Trata-se de uma oportunidade a não perder para os mais jovens, que sem dúvida irá contribuir para despertar no futuro muitos soldados valentes, para participação em recriações históricas e em defesa da História de Portugal!


Pedro Casimiro




terça-feira, 17 de maio de 2016

Aniversário do Falecimento do Dr. Paulo Amorim (17-5-2014)


Caríssimos(as),

O dia de hoje regista o aniversário do falecimento do nosso querido amigo e camarada Paulo Amorim.

Recebemos hoje uma amável mensagem do nosso amigo Daniel Dieu, em representação dos nossos amigos e camaradas da Garde Chauvin, provenientes de Rochefort (França) associação com a qual o GRHMA se encontra geminado, para marcar este acontecimento.

Aqui fica uma nota de apreço relativamente a este amável gesto, pelo qual muito ficamos reconhecidos, esperando rever brevemente estes nossos camaradas franceses nos campos de batalha histórico-culturais!

Bem haja!

Aujourd'hui c'est l'anniversaire de la mort de notre cher ami et camarade Paulo Amorim.

Nous avons reçu un message fraternel de notre ami Daniel Dieu, en représentation de tous nos amis et camarades du Garde Chauvin (Rochefort - France), avec qui le GRHMA est jumelée, pour marquer c'est événement.

On laisse içi une note d'appréciation pour cet geste d'amitié et on attend revoir tous nos camarades Français le plus tôt possible, dans les champs de bataille historiques!

Merci bien!


Pedro Casimiro




quarta-feira, 11 de maio de 2016

Vestuário Popular Português do início do séc. XIX (Workshop): dias 21 e 28 de maio de 2016


Caríssimos(as),

Aqui fica uma notícia interessante, relacionada com um evento promovido pelo Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro e pelo Município da Lourinhã, a realizar nos próximos dias 21 e 28 de maio deste ano.

Trata-se de um workshop destinado a divulgar as particularidades dos trajes masculinos e femininos, em uso em Portugal no início do séc. XIX e a promover o respetivo conhecimento pelo público, designadamente no concelho da Lourinhã.

Esta é mais uma iniciativa cultural relevante promovida pelos ativos responsáveis do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, a que os nossos camaradas da AMBV estão associados, no sentido da promoção e divulgação desta vertente do património histórico-cultural português pela população em geral, à semelhança do que já foi e continua a ser feito em Almeida, designadamente por intermédio do respetivo Museu Histórico-Militar.

São iniciativas como esta que tornam viável a possibilidade de adesão e de participação de mais pessoas, na dinamização em Portugal do projeto de recriação histórica do período relativo ao início do séc. XIX, permitindo o necessário enquadramento técnico e promovendo o indispensável rigor histórico.

Pedro Casimiro






segunda-feira, 9 de maio de 2016

Feira Internacional de Turismo (Guarda): dias 6 e 7 de maio de 2016


Caríssimos(as),

Graças à generosa colaboração de um considerável número de elementos do GRHMA, foi possível continuar a realização de um acompanhamento permanente deste evento, por elementos do nosso grupo, nos dias 6, 7 e 8 de maio, até praticamente ao respetivo encerramento.



No dia 6 de maio realizou-se, além do mais, uma interessante ação de apresentação e de promoção do concelho de Almeida no espaço nobre da FIT, com a contribuição de elementos do Turismo e da equipa do Museu Histórico-Militar de Almeida, que visou, designadamente, dar conhecer o que melhor existe e se faz no concelho, bem como a divulgar o nosso evento de recriação histórica anual, o Cerco de Almeida.


Na imagem supra podemos visualizar um dos momentos da referida apresentação, que também contou com a presença de elementos do GRHMA.



No dia 7 de maio, a intervenção mais relevante do GRHMA centrou-se na demonstração de exercícios de ordem unida, que foram também realizados no referido espaço mais central da Feira, que também despertou um interesse considerável no público assistente.


Tratou-se de uma oportunidade para os nossos soldados não só exibirem os seus uniformes, mas também de fazerem uma demonstração da sua perícia no manejo das armas e nos exercícios de ordem unida. 


Obviamente que, por muito que um soldado goste de exibir os seus dotes marciais, a ordem de "descansar armas" é sempre muito bem recebida...


E cá estão eles e elas, junto ao stand do Município de Almeida!

A "escala de serviço" que foi organizada acabou por resultar em pleno, graças à disponibilidade dos nossos elementos civis e militares, que se dispuseram a permanecer no recinto da Feira, durante longas horas.


E, claro está, que por vezes até um soldado valente acabava por se cansar e não resistir ao conforto de uma cadeira!

Aqui podemos ver o nosso camarada Palanca, que a certa altura optou por substituir as funcionárias do Município de Almeida no "atendimento" ao público, tarefa onde revelou muitas qualidades. Quem sabe se o nosso amigo Palanca não terá encontrado uma nova perspetiva profissional, até agora desconhecida...


Por outro lado, a circulação incessante dos nossos elementos pelo circuito da Feira resultava num desgaste físico não dispiciendo!

Felizmente que existiam abundantes oportunidades para provas de produtos regionais, em todo o circuito da Feira, que permitiam revigorar as nossas forças...



E cá está a foto da "praxe", relativa a mais um convívio que marcou a nossa presença neste evento!

Fica aqui um renovado e especial agradecimento a todos os elementos do GRHMA que se mostraram disponíveis para prestar a sua colaboração no decurso deste evento, não só porque abdicaram de um merecido descanso do final de semana para assistirem ao mesmo, como também porque se dispuseram a enfrentar o frio e a chuva que marcou o tempo na Guarda, por estes dias.

É de facto importante que continue entre nós a existir este tipo de generosidade, pois só assim será possível ao GRHMA continuar a contribuir, de um modo relevante, para a divulgação da História de Portugal e para a promoção do concelho de Almeida. 


Pedro Casimiro






sexta-feira, 6 de maio de 2016

Feira Internacional de Turismo (Guarda), dia 5 de maio de 2016



Caríssimos(as),

No dia de ontem realizou-se a cerimónia de abertura da FIT, na Guarda, com a presença, designadamente, de Sua Excelência o Dr. António Costa, Primeiro-Ministro de Portugal. Este evento, que foi muito interessante e participado, contou com a presença de um número considerável de personalidades, de âmbito local e nacional, para além de representantes de Espanha e do Brasil, este último na qualidade de país convidado.


Conforme estava previsto, os elementos do GRHMA mostraram-se disponíveis para participar na organização de uma Guarda de Honra histórico-militar, no âmbito da cerimónia de abertura deste evento, o que fizeram com o seu habitual brio e dedicação.


Este evento traduziu-se e irá continuar a traduzir-se, numa oportunidade importante para a divulgação do Cerco de Almeida e do trabalho e investimento realizado nesse âmbito pelo respetivo Município e Executivo Camarário, bem como uma oportunidade para divulgar a atividade histórico-cultural desenvolvida pelo GRHMA, tendo em conta o elevado número de público assistente e de órgãos de comunicação social presentes.


E, claro está, uma parte importante do trabalho desenvolvido passou pela realização de várias formaturas!

Na imagem supra podemos ver o Comandante do GRHMA em posição de sentido, no decurso da visita do Sr. Primeiro-Ministro ao stand do Município de Almeida.


O nosso Sargento Joaquim Guedes, por seu lado, aproveitou esta oportunidade para exibir novamente do seu fardamento do Regimento de Milícias da Feira, desta vez acompanhado por um excelente exemplar de um "Chapéu Chinês", também designado por Sistro, que constitui uma peça que muitos poucos grupos de recriação histórica, a nível mundial, podem alegar ser possuídores!


O nosso amigo Armindo esteve de serviço à  nossa bandeira regimental, a qual, felizmente, não é tão pesada como o Sistro.


A formatura não foi só para os militares, já que as senhoras do nosso departamento civil também tiveram que aguardar (mais ou menos...) em sentido, a chegada do Sr. Primeiro-Ministro!


O nosso amigo Fernando Fonseca também se apresentou ao "serviço", a fim de participar neste evento, não querendo deixar por mãos alheias a "defesa" histórico-cultural da terra onde reside.


E aqui temos a nossa fotógrafa oficial, que se dedicou, com a sua habitual diligência e proficiência técnica, a documentar para a posteridade este evento!


As fotografias que calham sempre bem à nossa fotógrafa ocorrem quando a mesma se dedica a fotografar o nosso Comandante, que aqui podemos ver ao lado da Coordenadora do GRHMA, a Drª Paula Sousa.


E aqui podemos ver mais um exemplo de uma fotografia muito bem conseguida, com o nosso soldado Tó Soares e o Comandante do GRHMA.

Pelos vistos, o nosso soldado Tó Soares tem andado com algumas dificuldades para conseguir vestir a sua nova farda de soldado caçador, do Batalhão de Caçadores nº 6, pois umas vezes são as mangas que "encolhem" e outras vezes são as "abas" que não esticam. 

O problema é que já não se fazem tecidos como antigamente...


Aqui podemos ver algumas das senhoras do nosso departamento civil, a tentarem convencer a mascote da FIT a aderir ao GRHMA, com muitos mimos e abraços.

Esta técnica de recrutamento ainda não foi usada, mas pode vir a "pegar"...


Este evento contou com a presença de um elemento estreante nestas "andanças", a nossa (nova amiga...) Olímpia, que vamos tentar convencer a fazer a transição do departamento civil para o departamento militar, pois o nosso soldado Zé Manel está a precisar de companhia feminina...


Como habitualmente, tivemos a oportunidade de fazer mais um animado convívio, para marcar o encerramento da nossa participação neste evento, que se traduziu numa majestosa e deliciosa ceia (a hora do jantar já tinha passado há muito...), realizada num dos melhores restaurantes da cidade da Guarda e arredores!


Esta participação do GRHMA neste evento traduziu-se num perfeito sucesso, o que uma vez mais só foi possível graças à dedicação destes nossos elementos, que fizeram o favor de alterar compromissos pessoais, familiares e profissionais, a fim de participarem no mesmo.

Bem Haja!


Pedro Casimiro