Clique na Imagem

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

204.º Aniversário da Batalha do Bussaco - Reportagem Fotográfica


Caríssimos(as),

Tivemos, uma vez mais, o grato prazer de participar nas comemorações de mais um aniversário da Batalha do Bussaco, organizadas pelo Exército Português, entidade que, todos os anos, organiza esta cerimónia evocativa da maior batalha alguma vez realizada em território nacional (ocorrida no dia 27 de setembro de 1801), e que se saldou por uma vitória do exército anglo-luso, comandado pelo general Arthur Wellesley, mais tarde nomeado Duque de Wellington (em 3 de maio de 1814).


A cerimónia iniciou-se com um cortejo militar e religioso, que partiu do Museu Militar do Bussaco até ao terreiro onde se encontra o monumento à batalha, em que participaram as mais diversas autoridades militares, civis e religiosas.




Aqui podemos ver o destacamento do Regimento de Infantaria nº 14, integralmente composto por soldados do Exército Português.


Nesta imagem podemos visualizar a coluna composta por elementos do GRHMA e da ANP, liderada pela bandeira nacional (séc. XIX) e pela bandeira regimental do Regimento de Infantaria nº 23.


As tropas do GRHMA e da ANP em descanso, antes do início do desfile militar e religioso.


Este garboso soldado estava a comandar um dos destacamentos presentes neste evento.


Aqui temos o destacamento de cavalaria, representativo de um Regimento de Dragões, integralmente composto por soldados da Guarda Nacional Republicana.



Está disponível no Museu Militar do Bussaco uma reedição de um livro muito interessante sobre esta batalha e todo o enquadramento histórico a ela associada, que recomendo vivamente a todos os amantes da história nacional.

Um dos factos interessantes retratados nesse livro está associado às grandiosas comemorações que foram feitas no Bussaco, por altura da comemoração do centenário desta batalha, que se realizaram no dia 27 de setembro de 1910, com inclusão de diversas fotografias de época. 

Esse evento contou com a assistência de mais de cem mil pessoas, bem como com a presença do Rei D. Manuel II e das mais altas entidades militares, civis e religiosas no país.

Todavia, decorridos cerca de oito dias desse evento, deu-se a instauração da Primeira República (5 de outubro de 1910) em Portugal, e a deposição do Rei D. Manuel II. 

Ironias do destino...

Agradeço a JP o especial favor de ter enviado estas excelentes fotos.


Pedro Casimiro




Sem comentários:

Enviar um comentário